Economia alemã: Confiança empresarial sobe para nível histórico

Publicado:

O nível de confiança dos empresários alemães voltou a subir no mês de junho. Este índice atingiu um novo máximo histórico, o que representou mais uma boa notícia para a economia alemã.

As informações foram avançadas pelo Instituto de Investigação Económica Alemão – Ifo. Segundo a análise levada a cabo por esta instituição, o índice de confiança empresarial alemã atingiu os 115,1 pontos.

Em maio, este valor tinha sido de 114,6 pontos. Na base da subida está a melhoria na avaliação dos empresários em relação a dois fatores.

A avaliação da situação atual e das perspetivas para os próximos seis meses subiu consideravelmente. O Ifo acredita que esta avaliação positiva é sustentada pela economia “muito forte”.

A economia alemã continua a mostrar um crescimento contínuo e sustentável. Fatores como o forte consumo interno, a baixa taxa de desemprego e as crescentes exportações são apontados como algumas das razões para a subida da confiança dos empresários do país.

Avaliação do nível de confiança empresarial

Instituto de Investigação Económico Alemão 
empresas avaliadas
Setores diferentes

Setor Industrial

Setor da Construção

Vendas por Grosso

Vendas a Retalho

Os 115,1 pontos alcançados pela economia alemã ficaram acima da previsão de 114,4 da Reuters.

Segundo Clemens Fuest, chefe do Ifo, “as empresas estão significativamente mais satisfeitas com a atual situação dos negócios”.

As previsões apontavam para que o nível de confiança dos empresários alemães descesse face ao mês de maio. As principais causas em destaque era a saída do Reino Unido da União Europeia e as eleições federais, em setembro. Apesar de não se ter feito notar no mês de junho, os especialistas acreditam que as eleições vão ter impacto em agosto.

Para já, a economia alemã e a confiança empresarial parece não se fazer afetar por estes fatores.

Confiança empresarial nos diferentes setores da economia alemã

Em destaque nos 115,1 pontos alcançados neste índice aparece o setor industrial da economia alemã. Segundo os dados do Ifo, os empresários estão mais otimistas em relação ao futuro próximo. Este setor acredita que está com níveis de procura e de encomendas favoráveis e prevê aumentar a produção.

Também em destaque aparece o setor das vendas por grosso. Nesta área, a confiança melhorou pelo terceiro mês consecutivo e atingiu o valor máximo desde dezembro de 2010.

Já no setor das vendas a retalho, a subida da avaliação é, principalmente, em relação à situação atual.  O otimismo dos retalhistas neste parâmetro já não estava tão alto desde setembro de 2015.

No entanto, nem tudo são boas notícias na economia alemã. A confiança empresarial desceu no setor da construção. O Instituto de Investigação Económico Alemão prevê que a situação favorável das encomendas suba os preços dos serviços de construção.

Pesquisar