Clima de consumo mantém-se positivo na Alemanha

Publicado:

Os consumidores alemães mantêm a sua disponibilidade para gastar, apesar de algum abrandamento da conjuntura.

Os consumidores alemães mantêm a sua disponibilidade para gastar, apesar de algum abrandamento da conjuntura. O Índice ao Consumo, elaborado pela empresa de estudos de mercado GfK, apresenta inclusive uma ligeira subida no passado mês de setembro, depois de seis meses de estagnação. De acordo com Rolf Bürkl, da GfK, para esta tendência terá contribuído a baixa dos juros decretada pelo Banco Central Europeu (BCE). Para outubro, os analistas preveem uma subida do índice em 0,2 pontos, para um valor de 9,9 pontos.

No entanto, apesar de se mostrarem mais otimistas em relação à conjuntura económica, os inquiridos revelam uma maior preocupação em relação aos seus rendimentos. Se a descida dos juros terá, por um lado, aumentado a disponibilidade para o consumo, por outro, os cidadãos receiam que as suas poupanças também sofram com esta descida.

De acordo com os dados da GfK, as expetativas dos consumidores em relação à conjuntura económica subiram três pontos e apresenta agora um valor de menos 9,0 pontos. A última vez que este indicador tinha subido tinha sido em fevereiro passado. Já as expetativas em relação à evolução dos seus rendimentos desceram 3,3 pontos e situam-se agora nos 46,8 pontos. Já a disponibilidade para novas aquisições subiu 6,3 pontos, para 55,1 pontos.

Pesquisar