Economia Alemã: o Balanço Económico de 2017

Publicado:

O ano de 2017 foi o oitavo ano consecutivo de crescimento da economia alemã. No total, o mercado alemão cresceu 2,2% durante o último ano.

2017 revelou-se um ano positivo para a economia alemã. Com um excedente orçamental de 5,3 mil milhões de euros e um crescimento de 2,2%, este foi o quarto ano consecutivo em que a Alemanha não contraiu quaisquer dívidas!

As informações sobre o crescimento da economia alemã foram avançadas pelo Ministério Alemão das Finanças. A evolução de 2,2% foi a melhor marca do país nos últimos seis anos.

Desde 2011 que a economia alemã não tinha um crescimento tão acentuado. Neste ano, a evolução tinha sido de 3,7%. Já em 2015 e 2016, existiu uma subida de 1,7% e 1,9%, respetivamente.

2017 foi o oitavo ano consecutivo de crescimento da economia alemã. Esta evolução tem ajudado as finanças públicas do país.

Economia alemã: o balanço do último trimestre de 2017

Segundo os dados avançados pelo gabinete de estatísticas alemão, no último trimestre de 2017, o crescimento foi de 0,6%. Este valor é comparativamente ao terceiro trimestre do ano passado.

Em comparação ao período homólogo, nos meses de outubro, novembro e dezembro, a economia alemã cresceu 2,9%. Este é o maior crescimento trimestral registado desde o segundo trimestre de 2011.

Para os analistas, estes valores confirmam os sinais de recuperação robusta e deixa um ambiente otimista para 2018.

O crescimento da economia alemã no último trimestre de 2017 está em linha com os valores antecipados.

Crescimento da economia alemã em 2017: Principais razões

O departamento de estatísticas alemão adiantou que, o crescimento do mercado alemão, se deveu, principalmente, à procura externa. As exportações alemãs voltaram a registar um aumento substancial.

Para além das exportações, também o consumo público e o investimento em bens de equipamento subiram.

Segundo os dados avançados, as famílias alemãs gastaram mais 2% em 2017. Já o investimento em maquinaria e outros equipamentos subiu 3,5%.

No que toca as exportações alemãs em 2017, o crescimento foi de 4,7%. Isto representa uma evolução comparativamente aos 2,6% conseguidos no ano anterior.

No entanto, ainda assim, as exportações ficaram aquém das importações alemãs. Durante o ano de 2017, a Alemanha comprou mais 5,6%. Em 2016, o valor do crescimento das importações alemãs foi de 3,9%.

Numa análise geral, em 2017, o comércio externo teve um contributo de 0,2% para o crescimento do PIB alemão.

Estes valores confirmam a atitude otimista dos analistas para 2018. Graças ao crescimento da economia alemã, a Zona Euro tem conseguido recuperar de forma estável.

Pesquisar